Centralia, a cidade que esta pegando fogo desde 1962



O incêndio começou há 56 anos, em um depósito de lixo, e se espalhou, atravessando barreiras de contenção e chegando até uma mina subterrânea. Desde então, apesar de várias intervenções - como a instalação de tubos para vazão dos gases venenosos, a demolição de algumas casas e o reassentamento de mais de mil moradores - a pequena cidade de Centralia, na Pensilvânia, ainda arde em chamas.

Em uma visita rápida pela cidade, torna-se evidente que os poucos moradores que não saíram de lá não querem ser encontrados. As ruas laterais se transformaram em grandes faixas de terra e mato, e todos os sinais de identificação foram removidos. Casas foram derrubadas para deixar lotes vazios e avisos de “proibido ultrapassar” estão por toda parte. As únicas instalações públicas que permanecem são um edifício municipal e duas igrejas.

Inspiração para o filme de terror americano “Sillent Hill”, Centralia vive agora uma polêmica: apesar de muitos moradores não acreditarem que o fogo seja uma ameaça imediata, o governo insiste que a ameaça existe. Os poucos que ficaram e desafiaram uma determinação na Justiça, alegam que o incêndio nunca se espalhou pelos subterrâneos e o verdadeiro motivo por trás da determinação do governo são terras para mineração: eles acreditam que tudo não passaria de uma conspiração para obter acesso aos milhões de dólares em carvão mineral que existem no subsolo. No mês passado, a corte rejeitou o argumento.

Hoje a atmosfera na cidade é tensa e hostil, mas moradores e ex-moradores contam que antes do incêndio Centralia era tranquila, sem violência. Não há mais cheiro de enxofre no ar e o solo não é quente ao toque. Prevê-se que sem a intervenção, Centralia ainda irá queimar por mais alguns séculos, pelo menos, e que o fogo já teria se espalhado para a cidade adjacente de Byrnesville. Transformou-se em um limbo, antes do inferno.
Copyright © Isto é Curioso . Designed by OddThemes