Oak Island: A famosa ilha do tesouro

Oak Island
A ilha que esconde o tesouro dos templários.

Localizado no Condado de Luneburg, na parte sul da Nova escócia, Canadá.

No ano de 1975, um garoto escocês de 16 anos, Daniel McGinnis, viajou com a sua canoa até a ilha de Oak Island uma ilha totalmente desabitada, para caçar. chegando lá ele notou uma depressão circular muito estranha no solo. Sobre a depressão estava uma árvore caída e em um de seus galhos encontrava-se uma polia de navio. Encontrando esta polia de navio em um dos galhos da árvore, o garoto que ouvia muitas histórias de que naquela ilha existia piratas que enterraram muitos tesouros por la. Muito feliz com a descoberta, o garoto voltou para casa e contou aos seus amigos sobre o lugar.


Dias depois, McGinnis e seus amigos John Smith e Anthony Vaughan, foram até a ilha e começaram a cavar o lugar.

Quando cavaram 3 metros de profundidade no poço eles encontraram encontraram uma camada de velhos troncos de carvalho, a seis metros, mais uma e a nove, a terceira camada. Nas paredes de argila eles ainda poderia ver as marcas de picaretas.

a cada dia que se passava, as escavações foi ficando cada dia mais difícil, não aguentando mais escavar os garoto resolveram pedir ajuda de pessoas experientes.

Ninguém ousava em se aproximar de Oak Island depois de histórias de que a ilha era assombrada por dois fantasmas de pescadores desaparecidos, por volta de 1720, quando relataram o aparecimento de luzes estranhas.

Com as dificuldades nas escavações, os três garotos desistiram provisoriamente.

Passaram-se oito anos os garotos se juntaram e retornaram com a The Oslow Company, fundado com o propósito de fazer as buscas daquele lugar. Começaram novamente a escavar, e rapidamente retornaram aos nove metros que havia cavado a oito anos atrás.

Continuando a escavação, eles escavaram 27 metros, a cada três metros escavados eles encontravam uma camada de cascalho. Mesmo com as camadas atrapalhando, aos 12 metros eles encontraram uma camada de carvão. Aos 15 metros uma camada de piche, e a 18 metros uma camada de fibras de coco.

A 27 metros escavados, foi encontrado uma pedra com uma pedra com inscrições de um alfabeto misterioso.


Uma possível tradução: " Quarenta pés abaixo, dois milhões de libras estão enterrados."

Felizes, o grupo começou escavar intensivamente, depois de terem tirado mais uma camada de tabuas, a água começou a inundar o poço. No dia seguinte o poço estava cheio até os 10 metros.

Eles tentaram bombear toda a água para fora, mas não conseguiram, então no ano seguinte, eles cavaram um novo poço de 30 metros mais fundo do que o outro. Fazendo um túnel que passava por cima do já batizado "Poço do Dinheiro". Porém, o poço inundou mais uma vez, depois disso a busca foi abandonada por 45 anos.

Desanimado e quase falido, Lynds desistiu e mais tarde McInnes morreu. Mas Vaughan e Smith ainda tinha esperança de que conseguiriam encontrar o tesouro e em 1849, foi fundada a empresa The Truro Company para retomar as buscas. Rapidamente eles conseguiram cavar 26 metros só para ser inundado. Antes de tentar extraí-lo eles resolveram descobrir o que havia dentro do poço e usou suas brocas. Os resultados foram surpreendentes.

Numa das perfuração, vieram três elos de ouro trazidos pela broca.

Descobertas Recentes

1936: Foram descobertas fragmentos de pedras com inscrições similares ao que foi encontrado nos 27 metros.

Nesta mesma época em Smith´s Cove, foram descobertas toras antigas com pinos de madeira ao invés dos pinos de metal. Isso mostra que pertencia aos antigos idealizadores e também pedras triangulares que apontavam para o túnel do tesouro.


1965 a 1970: O pesquisador Daniel Blankenship (junto com a empresa Triton Alliance) conseguiu juntar os artefatos de grande importância, como: uma tesoura hispano-americana, que possuía  
 300 anos de idade. Também foi encontrada uma pedra em forma de coração, semelhante ao que foi encontrada no Taiti, um par de sapatos de couro, um pedaço de metal de 200 a 300 anos, e um prego e uma porca de metal.

1976: A triton cavou, por meio do túnel Borehole 10-x, um tubo de metal de 72 metros de profundidade e 55 metros de distância do poço do dinheiro. Com ajuda de uma câmera, foi descoberto uma mão decepada flutuando na água, depois,  três arcas do tipo de tesouro e ferramentas, e ainda um possível corpo humano.


Copyright © Isto é Curioso . Designed by OddThemes