Post Top Ad

Mistérios

Mitologia Grega

Post Top Ad

Imagem ilustrativa/ by Stefan Keller Pixabay


Desde os primórdios da humanidade sabemos que o nosso planeta esconde grandes mistérios, sejam em lugares remotos ou em meio a civilização. Assim como o espaço e sua formação, a terra está constantemente rodeada de uma névoa sem respostas para o desconhecido. Bem! justamente nesse artigo vamos falar sobre G.E Kinkaid, um arqueólogo explorador que fez uma descoberta incrível, na qual ele descreveu ter encontrado uma cidade subterrânea perdida no Grand Canyon.

grancanyon-caverna-kinkaid
 G.E Kinkaid estava navegando o rio colorado e notou que havia algumas cavernas com formações bem arquitetônicas e a partir desse momento ele faz uma descoberta que prova há existência de uma raça que habitava nessa caverna escava por mão humanas na rocha, é o mais impressionante disso é a origem dessa incrível construção que relata ser do oriente ou até mesmo do Egito datado dos tempos de Ramses, faraó da 18º Dinastia que provavelmente é cerca de 1.300 a.C.

“Primeiro, eu gostaria de salientar que a entrada da caverna é quase inacessível. Ela esta quase há 1500 pés (450 metros) de altura, em uma parede vertical e instável do canyon. Ela está localizada em terras do governo e nenhum visitante será permitido lá, sob pena de transgressão da lei”.


No diário publicado por Kinkaid, relata que ele encontrou múmias totalmente diferentes que ele já tinha visto, além de múmias ele também encontrou hieróglifos com escritas bem similares ao encontrado na península de Yucatan e uma imagem do deus povos em perfeito estado que o deixou completamente chocado.



“A história de como descobri a caverna já foi contada: eu estava viajando pelo rio Colorado em um barco, sozinho, procurando mineral. Algumas 42 milhas acima do rio Colorado, perto do El Tovar Cristal Canyon, eu vi na parede leste, manchas na formação sedimentar há cerca de 1500 pés acima do leito do rio. Não havia nenhuma trilha para se chegar àquele ponto, mas finalmente cheguei a ele escalando com grande dificuldade".



Para se ter uma boa dimensão, kinkaid descreve uma estimativa de que cerca de cinquenta mil pessoas poderiam  ter habitado de uma vez só essa infraestrutura de túneis nas cavernas.





O santuário


diagrama-caverna-grand-canyon-kinkaid
Segundo os relatos de G.E Kinkaid, cerca de 30 metros da entra ele encontrou um corredor transversal, no qual continha várias centenas de pés de comprimento, foi nesse local que ele encontrou a imagem dos nativos que habitaram esse local. A imagem foi descrita sentada de pernas cruzadas, com uma flor de lótus ou lírio em cada mão.

Elementos encontrados na caverna


Em uma das galerias que Kinkaid explorou, foram encontradas utensílios, ferramentas e armas feitas de cobre e no canto do salão ele encontrou uma oficina de fundição com alguns resquícios de  carvão. "Um grande armazém que ainda não foi efetuado a sua exploração, uma vez que é de doze pés de altura e só pode ser alcançado a partir de cima. Dois ganchos de cobre se estendem na borda, o que indica que havia algum tipo de escada anexado. Estes celeiros são redondos e os materiais de que são construídos, penso eu, é muito duro como cimento".



Um dos elementos que mais surpreendeu o arqueólogo foi um metal cinza que intrigou os cientistas, por ainda não haver nenhuma explicação para esse misterioso elemento, na qual é bem similar a platina.kinkanid também conta sobre uma grade salão que provavelmente seria um lugar onde os nativos se alimentavam por ter encontrado vários utensílios de cozinha.


hieróglifos Egípcios 


 kinkaid relata em uma das suas anotações sobre estranhos hieróglifos estampado nas paredes da caverna. “Em todas as urnas, nas paredes sobre as entradas e nas tábuas de pedra que foram encontrados existem misteriosos hieróglifos gravados, cuja chave para decifração a Instituição Smithsonian espera ainda por descobrir. 

''Esses escritos se assemelham aos encontrados nas rochas sobre o vale". Sendo que essas gravuras possui uma relação com a religião dos povos que habitavam o interior dessa caverna, alguns desses hieróglifos foram encontrados na península de Yucatan, no Mexíco, porém esses não são localizados no Oriente. "Alguns acreditam que estes homens das cavernas construíram os antigos canais de Salt River Valley. Entre os escritos pictóricos apenas dois animais são encontrados. Um deles é do tipo pré-histórico".

Após Kinkaid documentar toda sua pesquisa,  sabemos que ainda existem muitos mistérios soterrados nessas cavernas. Além disso, teóricos da conspiração afirma que o governo está ciente dessas pesquisas e estudos de Kinkaid, porém, mantém tudo em sigilo.

Post Top Ad