Pesquisadores encontraram um crânio de um dinossauro carnívoro na Patagônia

Imagem da reconstituição do crânio de um Llukalkan aliocranianus - Divulgação/Journal of Vertebrate Paleontoly

Durante uma exploração realizada na Patagônia, Argentina, pesquisadores encontraram fósseis do crânio de um dinossauro carnívoro. Batizado pelos cientistas  como "Aquele que causa medo", o animal possui cerca de 5 metros de altura e pesava aproximadamente cinco toneladas.

De acordo com a  revista científica of Vertebrate Paleontology, cogita a hipótese que o dinossauro tenha vivido na região da América do Sul há cerca de 85 milhões de anos, ao longo do período Cretáceo. 

Sobre Aquele que causa medo

Llukalkan aliocranianus (Aquele que causa medo)  é o nome original do animal carnívoro que foi batizado na língua nativa mapuche. Apenas de olhar para o esqueleto já sabemos o real motivo por terem batizado o dinossauro com esse nome. Apesar do animal ter sido um predador assustador, os especialistas explicam que Llukalkan aliocranianus possuía características semelhantes ao temido T. Rex.  

Não tem para onde fugir

Digamos que voltamos para época dos dinossauros, e nos deparamos com Llukalkan aliocranianus,  possível já estaríamos mortos! Além do crânio do animal ter um formado que intimida sua presa, aquele que da medo possui um olfato apurado e uma excelente audição, tornando-o um caçador de elite. Pensou em correr? Não seria má Ideia, porém, vale lembrar que ele é quase um primo distante do T. Rex, ou seja podendo alcançar uma velocidade de aproximadamente 28 Km/h. 

Já deu para imaginar que não tem para onde fugir. Os cientistas estão estudando o fóssil para responder mais detalhes sobre os hábitos desse enorme carnívoro durante durante seu período na América do Sul.

Fonte de pesquisa: BBC, Journal of Vertebrate Paleontology

Postar um comentário

0 Comentários