Post Top Ad

Universo

Curiosidades do Mundo

Post Top Ad

Imagem de Michelle Wu/Unsplash 


Pesquisadores do Fluid Interface do MIT descobriram uma forma de introduzir informações  em quanto as pessoas sonham. Por mais que aparenta ser uma referência do filme A Origem, esses cientistas vêm testando uma técnica chamada de incubação de sonhos direcionados, (Incubation of Targed Dreams- TDI), que permitira implementar qualquer coisa nos sonhos das pessoas. O método TDI  se assemelha ao sonho lúcido, a qual acontece quando uma pessoa está em um estágio de sono profundo, nesse momento o indivíduo ganha consciência de que está sonhando e pode controlar o sonho a partir de então. 

 

Como funciona o TDI

 

Quando você está preste adormecer, ocorre a fase de sonho semilúcido conhecido como hipnagogia e é a partir desse momento que deve ser implantado informações na semiconsciência, os cientistas fizeram esse teste em 25 participantes que  dormiam durante a noite.  Antes dos participantes irem para cama, era necessário gravar um áudio lembrando-se sempre de pensar em uma árvore e depois ouvi-lo repetidamente.  

 

Para saber se os participantes já entraram na hipnagogia, os pesquisadores supervisionaram suas frequências cardíacas utilizando rastreadores de sono, "esse é o momento em que eles estavam abertos a serem influenciados pelas pistas de áudio" disse Adam Haar Horowitz o principal responsável pelo estudo durante uma entrevista ao Live Science. 

 

"Simplificando, as pessoas nos dizem se as instruções aparecem em seus sonhos. Frequentemente, eles são transformados em um aviso de ‘árvore’ se torna um carro em forma de árvore mas, a incorporação direta é facilmente identificada."

 

Cada vez que os pesquisadores ativavam o comando de áudio durante o sono dos participantes, ao acordar eles relatavam sobre ter sonhando com alguma espécie de árvore, foi cerca de 67% que relataram esse acontecimento em seus sonhos. Sabemos que o sonho lúcido é uma fase difícil de ser alcançada, mas os estudiosos do MIT descobriu uma forma com que as pessoas possam comandar seus sonhos interrompendo a hipnagogia através de instruções em áudio.

 

Os pesquisadores têm como finalidade utilizar esse estudo para a facilitação de aprendizado de línguas durante o sono e possivelmente desenvolver a cura para o transtorno de  estresse pós-traumático. Os resultados da pesquisa foram publicados na revista  Consciousness and Cognition, edição de agosto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad